MINHA FREIRA, MINHA NINFA ENFERMEIRA.

A alguns anos cai de um telhado e precisei ficar internado por 20 e poucos dias.
Devido a altura fiquei desmaiado. Quando recobrei a consciência, percebi que apesar de conseguir movimentar-me normalmente, ainda não tinha força suficiente para me manter de pé, o que conseguiria de acordo com os médicos conforme os dias fossem passando. Eu, era então, ajudado por enfermeiras e fisioterapeutas principalmente quando queria ir ao banheiro fazer as necessidades ou então, tomar banho. Para meu desespero, o tesão já se mostrava até dolorido, já que meu pau ficava duro a maior parte do tempo e, com a presença de amigos, familiares e dos próprios profissionais eu nem poderia pensar em bater uma punheta para meu alívio... Quero dizer também, que para aumentar isso tudo, as enfermeiras e as fisios eram na sua maioria, jovens e muito gostosas, sendo que algumas trajavam calças jeans brancas que exibiam as marcas das calcinhas, nem sempre brancas!!! Meu tesão só aumentava e passei a acordar pela madrugada para tentar me punhetar, o que era quase impossível, pois o distúrbio que me acometeu necessitava de constante vigilância por parte dos médicos e acompanhamento até especial por parte do pessoal do hospital. Como, toda noite a enfermeira de plantão me colocava soro com a medicação, calculei mais ou menos que teria uns 40 minutos para "viajar". Nesta noite em especial, a enfermeira era uma freira ( que eu já conhecia e sabia ter vindo do Paraná, para estágio no hospital. Seu nome, Cleide. Era uma moça com um rosto muito belo e curiosamente a única ali que eu não conseguia olhar com desejo, pois estava sempre de avental muito largo, além do véu na cabeça. Nem sabia se era loura ou morena! Sabia apenas que era muito bonita, tinha uns 30 anos e sua voz era quase uma música. Após as visitas do dia, me foi servido o jantar e peguei no sono, quando fui acordado por Cleide me erguendo na cama para que eu tomasse a medicação noturna. "Que horas são, perguntei". Ela com aquela voz doce respondeu: "Duas horas". Tomei as pílulas e tentei voltar a dormir, quando percebi, que devido ao calor, eu estava sem coberta e o meu short não conseguia esconder o meu cacete extremamente duro, naquela secura de pelo menos quinze dias. Fiquei com cara de cú e comecei a fazer perguntas idiotas para saber se ela tinha percebido meu estado(hoje eu sei que sim, e ela parecia se divertir com meu embaraço). Resultado, é claro que o sono sumiu e após Cleide se retirar comecei a ter tesão pensando que ela tivesse visto meu pau duro. Aí, não aguentei e saquei o caralho para fora, e sem me importar em que alguém entrasse no quarto fui socando a punheta esperando gozar rapidamente. Foi quando, acendendo a luz, Ela volta ao quarto para trazer o potássio para eu beber e, me pega com a mão na massa, quer dizer, no Cacete. O flagrante foi tal, que eu não consegui ter nenhuma reação; apenas um olhando para o outro, sendo que este um estava com o caralho apontado para o teto, se punhetando e quase gozando! Apesar da surpresa, meu pau continuou duríssimo, e eu com a mão nele! Após alguns instantes de um silêncio constrangedor ela disse:" Não fique envergonhado, isto é natural. Você é um homem com atividade sexual normal e o tempo em que você está sem esta atividade o faz sentir assim. Continue fazendo... Apenas tome cuidado com o soro em seu braço". Não acreditei no que ouvi, mas a verdade é que minha mão vagarosamente recomeçou o vai-vem como se aquilo fosse uma ordem. Tentei ao menos cobrir com o lençol e, quando fiz o movimento o tubo do soro enroscou no tecido e a freirinha veio para me ajudar. Deu um sorriso lindo e disse: " Não quero que nada te atrapalhe neste momento... Você merece... Vai, continua... Faça de conta que você está só...". Eu disse: "Não consigo, acho que tenho vergonha de você", já com o pau amolecendo. Ela caminhou até a porta, abriu e olhou o corredor. Encostou-a e voltou para dentro do quarto. Aproximou-se dizendo:" continua,vai... Eu quero ver... Faz para mim, vai... Não vem ninguém... . Sentindo minha hesitação ela levantou o lençol que me cobria e, tomando em sua mão o meu cacete duro outra vez, dizia: "Então deixa eu fazer...deixa? É muito tesão, não é?Como você gosta, rápido ou devagar?Assim tá bom?Lindo... Grande... Grosso..., nossa é enorme!" Eu já estava nas nuvens e a ponto de explodir em uma gozada que julgava iria bater no teto!!! "Não goze agora. Segura um pouquinho e aproveita". A punheta que ela me fazia era espetacular!!! Nem eu mesmo conseguia um ritmo e um toque tão suave. Às vezes ela lambia a mão, molhando-a com sua saliva para que deslizasse melhor... Era uma loucura, pessoal. "Ai, acho que vou gozar". "Não, espera um pouco". Parou a punheta por um instante e retirou o véu da cabeça, revelando sua morenice, era uma morena clara, olhos castanhos, cabelos curtos, ainda ninfeta, mas se mostrava mulher como eu jamais havia visto antes. com um corte bem curto. Ficou mais linda, ainda!"Você não vai gozar assim". Agachou-se e pôs meu pau em sua boca e começou uma chupeta inesquecível ao mesmo tempo que me masturbava e me fazia carinho nos culhões com a outra mão. Eu queria acariciá-la, mas a dor não me permitia muitos movimentos... Senti o gozo se aproximar e tentei tirar o pau da sua boca. Ela não deixava... Engolia o máximo que podia... Não aguentei, e explodi de uma forma que jamais havia sentido a ponto de não segurar um grito que quase acordou todo o hospital. Tenho certeza de que a quantidade de porra que coloquei naquela boca maravilhosa foi muita, como poucas que tive antes. Só que ela engoliu tudo, tudinho... Levantando-se, colocou com cuidado o véu e apenas olhando-me e sorrindo afastou-se em direção à porta e olhou o movimento. Ela retornou e começou a me acariciar, com aquelas mãos macias, eu deitado, ela levantou sua saia e pude ver aquela linda grutinha maravilhosa...pois estava sem calcinha, fui ao delírio...depois de dar uma bela de uma chupada, coloquei aquele bocetão para cima, apoiei um travesseiro por baixo dos quadris para dar maior altura, e não me machucar, coloquei-a na famosa posição de frango assado?. Só que em vez de enfiar o pau naquela xota pingando de tesão, eu dei uma lubrificada e fui enterrando lentamente no rabinho dela. Quando estava tudo bem colocado, ajuntei o indicador e dedo médio da mão esquerda e tasquei para dentro daquela xota, indo buscar o famoso ponto g (para quem não sabe onde fica, aconselho ler sobre o assunto). Nossaaaa ela gemia e se contorcia de tesão tomando no rabo e na xota ao mesmo tempo e, para aumentar ainda mais o seu prazer, a safada começou a se masturbar no clitóris com os dedos da mão direita. Era um pau no rabo, dois dedos brincando dentro da xota dela e ela ainda se masturbando!!! A respiração dela foi se tornando cada vez mais ofegante, aquela xota queria engolir os meus dedos de tanto prazer, sua cabeça se agitava, sua boca emitia urros de prazer? Então ocorreu um orgasmo inusitado! Explodiu um tesão fortemente recolhido a anos; o anel do seu ânus apertou o meu pau enterrado naquele cuzinho morno, sua boceta ensopada comprimiu os meus dedos, seu corpo se enrijeceu e começou a tremer? Tremia e gozava, tremia e gozava! Junto com o gozo, repentinamente começou a chamar em voz alta pela sua santa de devoção? (por ética vou omitir o nome da santa), chamou pela mãe, gritou para o pai parar com aquilo, chamou a avó em voz alta?!!! Eu assistia atônito ? sem saber se tirava ou enterrava ainda mais o pau naquela rosquinha quente, apertada e sedenta de uma fêmea que gozava, tremia e gozava, chamava pela santa e gozava? E foi assim por um tempo muito acima do normal de qualquer orgasmo que eu já tenha presenciado em minha vida. Eu só sei que naquele momento de intenso prazer a minha freirinha certamente se libertou de boa parte dos traumas da sua infância e adolescência, se aproveitou escandalosamente do meu pau e dos meus dedos para fazer uma purificação , soltando e se aliviando de todas as suas emoções contidas, como se fala em psicologia. Após terminado o gozo intenso, evitei tocar no assunto para não constrangê-la ainda mais do que ela já estava se sentindo constrangida. A partir de então, infelizmente começou a me evitar por pura vergonha daquele poderoso orgasmo. Depois de algum tempo acabei tendo alta.
Votem e comentem ...obrigado
Foto 1 do Conto erotico: MINHA FREIRA, MINHA NINFA ENFERMEIRA.

Foto 2 do Conto erotico: MINHA FREIRA, MINHA NINFA ENFERMEIRA.

Foto 3 do Conto erotico: MINHA FREIRA, MINHA NINFA ENFERMEIRA.

Foto 4 do Conto erotico: MINHA FREIRA, MINHA NINFA ENFERMEIRA.

Foto 5 do Conto erotico: MINHA FREIRA, MINHA NINFA ENFERMEIRA.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


75168 - Minha visinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
75173 - Como comi a irmã da vizinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
75345 - Uma ninfetinha gostosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
75348 - A Japinha gostosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
75403 - Carnaval(inesquecivel) na praia de nudismo - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
75411 - Carnaval(inesquecível) na praia de nudismo parte 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
75489 - Aula de Sexo para a novinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
75516 - Um desabafo e real/ quero amar de verdade... - Categoria: Fantasias - Votos: 5
75572 - W Drácula e suas chupanças...uma historia de T.... - Categoria: Fantasias - Votos: 1
75573 - A historia de Maria sem bunda - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
75755 - Recebi a visita de Mamãe noela - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
75763 - O lado bom da traição consentida - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
75772 - Carnaval(inesquecível) na praia de nudismo parte 3 - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
75821 - Symoninha a viciada em sexo, um sonho realizado. - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
75823 - Um casal bem liberal - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
75824 - A escrava loira e seu rabão - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
75847 - Uma coroa muito gostosa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
77749 - Uma Jovem senhora casada e tarada. - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
77764 - Comendo a Personal Capixaba - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
77765 - Comendo a Personal Capixaba - Parte II - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
77766 - Minha linda e doce Ninfeta - Categoria: Heterosexual - Votos: 19
77864 - Louco desejo por uma mulata deliciosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
77869 - Coisas de Muleke, o rabinho dos sonhos - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
78248 - Panela velha faz comida boa, que coroa deliciosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
78263 - Neguinha, virgem, tarada e sedutora - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
78268 - Neguinha, virgem, tarada e sedutor - Parte 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
78270 - Pecado da carne, desejos de um sedutor - Categoria: Fantasias - Votos: 1
78514 - Uma ruivinha deliciosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
78523 - Mineirinha pervertida - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
78526 - Morena sensação - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
78528 - Trepei com a morena no onibus circular - Categoria: Exibicionismo - Votos: 1
78562 - Puro tesão, o ponto G de Iasmim - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
78565 - Puro tesão, o ponto G de Iasmim parte 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
78568 - Marina(prima)loira Marina que me encantou - Categoria: Incesto - Votos: 8
78655 - Salvando Marina - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
78769 - Titia bêbada perdeu as pregas - Categoria: Incesto - Votos: 14
78789 - Suzana uma cadeirante ...Eficiente até demais - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
78848 - UM CASAL MAIS QUE ESPECIAL - Categoria: Fantasias - Votos: 4
79041 - VIUVA, CRENTE E QUENTE - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
79059 - SOFRI, CHOREI,CAGUEI + QUE DEI AHHHH DEI - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
79658 - MINHA AFILHADA VIROU MINHA CADELINHA - Categoria: Incesto - Votos: 12
79691 - EU E JU SAPEKA NUMA PRAIA DE NUDISMO - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
79695 - LIVIA A NINFA NINFOMANIACA - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
79862 - AVENTURAS TESUDAS C/DANI BAHIANINHA/SYMONINHA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
79924 - CARROTEL - UMA FODA FASCINANTE - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
81315 - 1 É BOM, 2 É NORMAL 3 É OTIMO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
81336 - 1 É BOM, 2 É NORMAL 3 É OTIMO 2a Parte - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil wabs09
wabs09

Nome do conto:
MINHA FREIRA, MINHA NINFA ENFERMEIRA.

Codigo do conto:
79235

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
19/02/2016

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
5



contos eroticos ensinando priminha Gpquadrinhos porno de pai e filho em portuguêsfui penetrada por um jumento num hotel, traição. conto eróticoContos erotico novinha vendo a tia chorando no pauzao do titioconto erotico narrado transei com meu pai diz filhahentai tirando o atrasoq u a d r i n h o t r a n s a pela primeira vez fomos a um cinema porno conto portugal sexogenro roludopunheta na adolescência contos eroticosgosdosa senda no colo e repola pornocontos eróticos aliviando minha maecontos eroticos incesto maravilhosoler contos eróticos de sogras que choram na rola de negros bem dotadoscasada recatada no swing contos veridicos...www.fodimeuamigo com brcontos eroyicos eu e minja mulher fudemos vom o massagistaconto erotico Leitadapaupequenopornogratiscontos eroticos no cinemacontos eroticos inversaoconto erotico caloura estagiariacontos porno mae chantgiada a dar cucontoeroticochupetametendo objetos no cucontos eroticos fazendo sai sangue.do cu da tiapornoponogayporno contos puta dominanteincesto tapa na cara contosconto irma e irmao dormindo peladoconto.erotico dando o.coroa do pau grossoDividindo a esposa novinha com um senhor de idade contosso contoseroticos completos no sofa do padrinho maria alice deu ate o cuzinhoraffa_ka instagram contos eroticosContos gays de fio dental para os pedreiros negrosconto erotico gay o gurizinho e o negao antigo[email protected]sedutoras e marrentas parte 4 contos eroticosContos.encesto.doparo.mamaeptimrira sirica contohq porno de simpsonsmeninas da family guy peladascontos eróticos gay lambendo rabo peludo de machoconto eroticos de corno com negão e fotosconto erótico ladrões e família menino nao resiste ao ver a sua mae dormindo so de calcinha acaba metendo seu penes no cu delaconto erótico coloquei m8nha filhinha de cinco anos pra brincarconto erotico demorou mas ela aceitouconto erotico adoro socar a calcinha no cuquadrinhos eróticos 2016sílvia, minha sobrinha rabuda contosEmpregada virgem que seu patrao coroa rico dava dinheiro pra ela conto eroticominha primeira dparreguei pro moleque varudo contoscontos eroticos de maaturbaçao gay na adolescencia3 mulher pelada banhanda pelada de pescinacontos fodendo a profesoraentiadacontoeroticoconto erotico gay a caronacasa dos contos.eroticos.sobrinha dormindoXvidio encoxatriz de frente em conducaohetay gay melhor dia dos paisler contos de incesto eu e minha irmã lutando jiu jitsopeguei meu marido comendo minha filhaprofebrancacontos erotico cu sujoContos erotico chule de macho heterosexo casada contos meu marido foi buscar cerveja tirei a calcinha de ladopormo menina meteno com cachorro pela primeira vez e fica engatadacontos eroticos estupro vovo e netoconto erotico tia lucia parte 4hentai Dragon ball zFotos incesto bixesualr u s mexendo no glilinho ela gozacontos eróticos gay comendo o cu do garoto oferecidocontos eróticos podolatriacontos eróticos sadoconto de não aguentei a pica grande de meu avômeu irmao pauzudo me comeuconto erótico realtravesti pagamdu boketi no caru