Fodendo com o tatuado da academia 1

Sempre fiquei de olho num cara mal encarado da academia, quase não falava com ninguém. Malhava na dele. Como mudei de academia há pouco tempo, ainda não estou socializado com a galera também. Malho na Smart do Higienópolis, acabou de abrir, então tá bombando e nunca vi tanta gente linda como nessa academia. Malho com a rola meia bomba porque faço força para não ficar excitado, porque se eu ficar, não tem como disfarçar. Bom, eu estava de boa malhando e daí ele chegou. O puto já veio malhar perna. Morro de tesão em cara com pernão e bundão sarado. Eu estava do lado malhando ombro e ele malhando perna. Eu não conseguia tirar o olho daquele cara. Era automático, ficávamos cruzando o olhar pelo espelho da academia. O cara todo sarado, mal encarado, nessas horas que vejo o quanto sou cara de pau. Nem sei o que o cara curte, mas já deixo avisado que curto. E já dei uma pegada na rola. Ele olhou, continuou malhando e depois deu uma pegada na dele também. Ficamos nos fazendo de bobos ali mas já tinha entendido o que queríamos. Fui até o banheiro e o fiquei esperando fingindo que me olhava no espelho, já tirei a camiseta para dar uma provocada. Quando estava quase desistindo ele entra no banheiro e vai direto para a balança. Percebi que ou eu tomava a iniciativa ou ia perder aquele gostoso. Fui e comentei:
- Tu ta pesando quanto?
- 92Kg
- Ta com quase o mesmo peso que eu, mas eu não tenho nem metade dessas pernas cara.
O cara tinha um jeito de macho que eu não conseguia me conter, queria jogar ele no reservado e chupar aquele rabo.
Comecei a puxar assunto a ponto de tentar nos deixar mais intimo, perguntei se morava por perto, se estava gostando da academia. E ele sempre fitando minha rola na bermuda. E terminei dizendo:
- Você bem que podia me dar umas dicas pra ter um rabo tão gostoso assim.
Vi que ele ficou super sem graça e riu em direção a saída do banheiro.
Fui atrás dele e perguntei o porque do riso, ele me disse que não era viado e que namora.
Daí eu perguntei:
- Tudo isso ai é enfeite então?
Como estávamos perto das esteiras e estava vazio ele começou a se explicar.
- Não tenho nada contra cara, é que não rola.
- Então porque de ter me seguido até o banheiro e não ter mijado?
- Sei lá cara, a gente faz coisas que não sabem explicar. Deve ser curiosidade de saber qual era a sua, porque não parava de me fitar.
- Você já sabe qual é a minha, vai falar que não curte fuder?
- Ah cara, essa conversa ta ficando estranha demais.
- Ué, to te chamando pra me fuder, você decide. Ou se quiser encher minha boca de porra, você que manda.
Eu já podia perceber o volume que formava no shorts dele.
- Vamos lá pra minha casa, moro sozinho.
Ele falou que iria mas que não rolaria nada, ele só iria pegar as coisas dele no armário.
Esperei ele na porta da academia e seguimos em direção a minha casa a poucas quadras depois.
Quando passamos pelo portão eu podia ver o nervosismo tomando conta dele, ele estava muito tenso.
Chegamos ao meu apartamento e ofereci algo e ele disse que não.
Apenas falou que não poderia demorar. Eu então percebi que teria que seduzir aquele cara.
Ele sentou-se no sofá, eu vim da cozinha e sentei ao seu lado e comecei a fazer perguntas sobre sexo.
- Então quer dizer que tu nunca fodeu o rabinho de um macho?
- Nossa cara, tu é bem direto!
- É que não tem sensação melhor do que fuder um rabo bem apertadinho e depois despejar porra bem fundo no rabo de um safado. Sua namorada te dá o rabinho?
- Não, ela é meio fresca. Não me deixa nem gozar na cara dela e deu um escândalo quando pedi pra engolir minha porra.
Percebi que aquele era o maior fetiche dele, ele estava se soltando e o pau já estava desenhado no shorts.
- A gente pode resolver isso entre nós.
Já falei colocando a mão na rola dele.
- Cara, mas tu não vai falar pra ninguém né?
- Fica tranquilo, também não sou assumido.
- Mas só quero encher sua boca de porra e vazar. Ta ok?
Já nem respondi e fui ajoelhando na frente dele. Ele entendeu o recado e já abaixou o shorts até o joelho e liberou aquela rola branquinha, reta e cabeçuda. O cheiro de macho que ele tinha era fora do normal, fico cheio de tesão só de lembrar. E abocanhei aquela rola até onde pude, e comecei a chupar com a maior vontade, sugando bem aquela rola e ele já estava babando horrores.
Quando vi ele tirando a regata percebi que ele estava entregue, ele já acariciava meu cabelo e forçava minha cabeça na rola dele.
Tirei minha camiseta e levantei para sentar do lado dele. Foi quando ele soltou um:
- Caralho, que tamanho de rola é essa?
Já aproveitei e tirei o shorts e minha vara pulou.
- Essa é a rola que faz a alegria dos meus putinhos.
- Cara, mas é grossa demais. Que viado que aguenta isso?
Só ri e disse que:
- Quase todos, o segredo é saber colocar.
Foi quando ele solta:
- Eu não aguentaria.
Olhei fixo pra ele, chupei os mamilos dele e fui descendo até sua rola já sabendo que ele estava no papo. Fiquei ao seu lado, com o rabo pra cima chupando sua rola. Ele já passava a mão por todo meu corpo e ficou acariciando minha bunda. Eu segava muito sua rola e já sentia o gosto salgado do seu pré gozo. Foi quando levantei e sentei no colo dele, sentado de frente pra ele com nossos rostos próximos e arrisquei um beijo (o cara era gato demais pra eu não beijar). Ele virou o rosto e disse que não era viado e eu comecei a beijar seu pescoço. Ele já pincelava meu rabo com a rola. Cuspi na mão, passei no meu rabo e apontei a rola no meio do meu cuzinho e deixei ele sentindo o calor. Ele lentamente começou a enfiar a rola no meu rabo e ele tinha uma rola responsa, mas eu sou macho, levo rola sem reclamar. Ele não aguentando mais, soca a rola dele até o talo. Dou uma engolida a seco e sento na sua rola e começo a cavalgar.
O cara se transformou num fodedor, não existia mais receio nenhum, me chamava de puto safado e mandava eu levar tora no rabo. Ouvir aquele macho me falar aquilo me deixou num tesão da porra e eu babava em todo o abdomem dele.
Ele tirou o pau e pediu pra eu sair de cima e ficar de 4 no sofá, ele já chegou me fudendo frenéticamente, e percebi que ele iria gozar logo. Ele socava tão forte que eu estava me sentindo sendo fodido por um animal. Ele estava descontrolado, me dava tapas no rabo e fodia, ele dava uns gemidos grossos e sem sentido. Ele quase tirava o pau todo do meu rabo e afundava numa velocidade louca. Até que percebi a perna dele tremendo e entendi que o gozo estava chegando. Saí da posição e comecei a chupar ele. Ele literalmente explodiu na minha boca. Me deixando de boca cheia, eu engoli como um bom macho e pra me surpreender ele me beijou logo em seguida e ficou em pé na minha frente, sem saber onde colocava a cara.

*continua
** se liguem nesse rabo!

Foto 1 do Conto erotico: Fodendo com o tatuado da academia 1

Foto 2 do Conto erotico: Fodendo com o tatuado da academia 1


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario aativobh

aativobh Comentou em 20/08/2015

RICARDO ATIVO BH - MG: Sou só ATIVO e INSACIÁVEL. Mande FOTOS pro meu e-mail AAtivoBH

foto perfil usuario carlosandsantos

carlosandsantos Comentou em 17/06/2015

Muito bom! esperando a parte 2

foto perfil usuario rafasigilo2015

rafasigilo2015 Comentou em 15/06/2015

Parabéns que conto maravilhoso....

foto perfil usuario pequenopeludo

pequenopeludo Comentou em 14/06/2015

desculpa se for ingenuo... mas o tesão é muito grande, vc falou na lata com ele msm, aguardando a continuação...

foto perfil usuario j_aquiles

j_aquiles Comentou em 14/06/2015

Delícia de conto. Quero saber o restante

foto perfil usuario

Comentou em 14/06/2015

Cara... q loucura boa. Meu pau ta como uma pedra aqui. Bora malhar junto? hahaha... abração

foto perfil usuario negorp

negorp Comentou em 14/06/2015

nossa uma delicia pena estamos longe curtição tb. otimo conto e belo corpo e rabo

foto perfil usuario rogerb

rogerb Comentou em 14/06/2015

Ja estou virando seu fã. Parabéns pelo conto e nao vejo a hora do próximo. Abc

foto perfil usuario jotaj

jotaj Comentou em 13/06/2015

Estou me tornando leitor dos seus conto, todo dia fico esperando mais uma das suas aventuras, muito bom e seus contos são detalhados. Dá uma lida no meu e vê se devo voltar a escrever

foto perfil usuario luispant

luispant Comentou em 13/06/2015

Que fotos maravilhosas...Que homem é esse ??? Jesuuuuiiiiisss....!!!!

foto perfil usuario betopapaku

betopapaku Comentou em 13/06/2015

CAralho, mais um conto maravilhoso! Parabéns!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


65882 - O paizão da trilha - Categoria: Gays - Votos: 79
65964 - Loirão casado de Vitória - Categoria: Gays - Votos: 35
66014 - Fudendo um leitor dos meus contos - Categoria: Gays - Votos: 48
66923 - Fodendo o tatuado da academia 2 - Categoria: Gays - Votos: 24

Ficha do conto

Foto Perfil loirosafado
loirosafado

Nome do conto:
Fodendo com o tatuado da academia 1

Codigo do conto:
66287

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
12/06/2015

Quant.de Votos:
39

Quant.de Fotos:
2



conto erotico viciei da a bunda gay na encolhacontos eróticos de pai pastorConto erotico quente e dtalhado masoquismoContoeroticofodicontos casada dando pra velho picudocontos sobrinha gostozaconto erótico 60 anoscontosdeanalconto eerotico menino colegaporno coroas das pernas bem grossas do quadril largo só de vestidinho bem curtinhoContos eróticos de tio e subrinhahentai gravida de saposEvangelicas carentes no contos eroticos recentecontos eroticos macomheiroconto erotico fatima garciaconto sexo gay carrosselbrincando com a mae do amigo contosquadrinho erotico DBZ hentaios segredos de tia paulineainda bebe meu papai me deu mamar contos eroticonegao comendo casada apertada que ganhou na aposta contosConto erotico arrombei o cu do meu enteadocontos eroticos - esposa do amigo peitudaquero ve coto erotico de menina bebe virgem que foi estruprada pelo homemconto - bucetinha virgem leva pau enormedando para a familia conto eroticocasada pede picada na bundacontoscontos eroticos comi minha cunhada junto com meu sogrocontos eróticos fui o prato dos amigos do marido no natalfiquei toda assada conto erótico meu sogro me pegou de jeitocontos eróticos de velhoscuadrinho porno das primeiras carisiascontos eróticoscomendo a bunda de papaitirei fotos da ninha mulher gotozaconto erótico gravida da peito pra marido mamaconto erotico nao resisti e comi minha filhaConto porno desdi pequena pai e mae me comeconto erótico pingolnternato de lesbicas virgemxvidios chamei o pedreirooração para ser cornofotos caseiro de de homem casado arrumando o pau cabeçudo na portinha da buceta da mulher do corno em goaiscontos eroticos tirando o cabacinhocinto erotico minha esposa fode no trabalhoFotos de comi casada evangélicacontos eroticos sogra 2015pornô grátis só contos eróticos sogra cozinhasexo caseiro filmando escondido no banheiro do cinema do centro mao amigaquadrinhos eroticos minha esposaconto gay morenocontos eroticos fudendo a mae travestihq porno gayperfil lcs conto eroticoConto eroticoExibindo a namorada para os garotoscontos erotivos de velhas evangelica casadas3 mulher pelada banhanda pelada de pescinaxxv so novinhas dado cu e nao aguerta dar por que ele tem pal grade mais ele perga aforcafudeno a minha cunhada bebida vdeo caseiro em no Par E se o pai for massinha cabaço com rola muito grossa no cu de rola grandeperigos da puberdade desenhossexo com enfermeira gostosa de fio dental com argola na orelhaPornor.galei.minha.conhadaahhh gozei bem gostoso na bucetinha da minha irmã e tia no incesto. comcontos eróticos bloco de carnavalconto erotivo mae co sapstaoCasas de contos eroticos travestir pirocudo me comeulevei minha esposa para um dotado fuder contos eroticosfodendo sobrinha nuaquadrinhos GTa,eroticoconto menageamigo negro do meu filhoultimos contos sadocontos do vaqueiro esposa e angelica safadacontos eroticos dei gostoso para o meu tio e fui chingada de vadia putacontos de sexo com buceta timidadesmaiano na siririca sozinhaContos eroticos dei no portãocontoeroticominhasobrinhaconto erotico uma crente fazendo dp