VALDIRENE É LIBERADA , E EU ME LIBERTO (02)

As últimas palavras minhas e de Dom Gino, pai da Minha esposa Valdirene e da Rachel, e irmão de Dom Carmeni, ficaram me martelando na cabeça:
Eu="Quero que leve em consideração algumas coisas, não quero uma desonra em sua família, nem vergonha, nem quero um escândalo, o sr é o menos culpado disso, e é um homem honrado, mas pense nisso... Eu Gostei da Rachel! Só precisaria saber se ela não é igual a irmã! Deixo em suas mãos a solução, sem desonra, traição ou escândalo! Só não sei como tirar as imagens dela na Internet! Pense sr. Gino, deixo minha felicidade em suas mãos!"
Gino= -" Farei isso sr AT! E agradeço por evitar escândalos, vergonha e desonra em minha família! Eu tomarei as devidas providências!"

Que providências ele tomaria? Dar um sumiço na Val? Acho q não faria isso...; anular meu casamento c/ a Valdirene? Isso traria vergonha a família dele...; então o melhor a fazer seria aguardar, e como nem Val nem Rachel estavam em casa, fui visitar meu verdadeiro amor, Marlene, casada c/ o fiel João(Giovanni) e esperando por um filho meu.
Ela estava c/ cerca de 4 meses de gravidez, mas continuava linda e sensual, e como sempre fazíamos amor, e depois ficávamos deitados, ela me acariciando e eu a ela e ao meu filho em seu ventre.
Como já comentei, João, que era seu marido só por questão de acertos internos, ele sabia de tudo, mas por outro lado, ele amava a Valdirene, e antes de me casar com a Val, ele já tinha feito sexo anal c/ ela, mas agora eu o liberei p/ fazer com a Val o que desejasse, e como ele era estéril, ela nunca engravidaria dele.
Uma situação estranha e bizarra p/ quem não conhece os costumes, mas vista c/ normalidade pelos poucos q sabiam.
Marlene acabou sabendo que seu pai sabia sobre nós, mas faria vista grossa, pois na verdade ele aprovava, afinal eu era seu filho postiço e pai de seu neto.

Minha surpresa de Gino veio no dia seguinte:
Um bouquet de rosas cor de rosa, entrelaçados c/ outro de cravos vermelhos, amarrados c/ fita de cetim branca e amarela, e no meio um cartão branco gravado a ouro AT e R. e um outro bouquet com lírios brancos entrelaçados c/raras rosas roxas e um cartão com um V em preto.
Eu entendi a mensagem, Rachel recebeu as bençãos de ficar comigo, e o destino de Valdirene ! (ROSAS ROXAS=É a cor da dignidade, do mistério, da aristocracia, da ausência de tensão, porém pode lembrar a violência, a agressão! LÍRIOS BRANCOS=As flores brancas significam o perdão, a paz, a inocência, a pureza, lealdade) e o V em preto dava a decisão= Faça c/ ela o que julgar necessário!

Val, era a minha esposa oficial e Rachel uma preferida, uma concumbina q era p/ ser aceita pelos outros sem questionamento, inclusive por Carmeni, q me arrumou esse casamento.
Naquele dia fui p/ a cama c/ a Rachel e mandei a Valdirene se encontrar c/ o João em uma das casas reservadas, só não poderia ter a Marlene naquele momento.
Eu fiquei na minha suite esperando pela Rachel, que foi arrumada como num dia da noiva, sem a roupa de casamento . claro!, ela bateu na porta e fui recebê-la, estava linda, c/ um perfume deliciosamente afrodisíaco,e nos beijamos indo em direção a cama, ela me afastou c/ a mão esquerda, e soltou sua túnica branca, q caiu ao chão pela gravidade exibindo aqueles maravilhosos seios, corpo e xaninha depilada, me pegou c/ sua mão direita e nos dirigimos a cama, desta vez não haveria sangue!
O beijo foi tão longo e gostoso q nenhum de nós queria q terminasse, eu , colado aos seus seios, sentia seu coração disparado, chupei seus seios e fui descendo até chegar na sua vagina, lambia seu clitóris, enfiava a língua dentro da deliciosamente perfumada boceta(a gente conhece a mulher em período fértil pelo olfato, p/ quem não sabe), ela gozou em minha boca, e eu me deliciei c/ seu fluido íntimo; e pensava:"[ Nunca acreditaria se alguém me dissesse q vivenciaria tudo aquilo em tão pouco tempo, minha irmã, outras "amigas", minha prima, Marlene, Val e agora Rachel, parecia q era um sonho maluco de alguém q tomou ácido lisérgico, mas era real!]
Fui despertado de meus devaneios pela Rachel me dizendo:
-Vem amor, vem com tudo em mim! eu amo você, me possua!
Imediatamente comecei a penetrar aquela deliciosa vagina rósea, com meu pênis, estava totalmente molhada e quente, a resistência que ofereceu foi mediana e me levou a confirmar as suspeitas sobre seu período e que a chance de ter uma outra grávida era de 90%, mas continuei a socar com gosto, ela era sensacional, e já sabia do q eu gostava e eu do q ela preferia, cutucava c/ a ponta de meu pênis seu útero, e ela pedia:
-Amor, me fode completa, goze lá no fundo, eu estou na fase fértil! Assim..., mais..., mais...
Decidi jogar um balde de água morna lhe dizendo:
-Kel!Amor! Você ainda é muito nova p/ engravidar, pense bem, responsabilidades..., cuidados, babás, você é uma adolescente! Fez 18 anos! Para mim é só continuar q faremos um filho, mas p/ você, nova, de barrigão agora....não é muito cedo? Não quer aproveitar mais nosso compromisso? Pense..., pense c/ carinho, você é que vai escolher!
Claro q os movimentos sexuais diminuíram até ela se resolver, mas eu continuava bombando devagar naquela bela boceta; ela sorriu e respondeu:
-Sabe? ainda tenho muito a viver e aproveitar, se tiver um filho agora não poderei fazer um monte de coisas q esperava fazer..., tira e coloca a camisinha! Vc está certo!
Coloquei a camisinha e comi aquela xoxota, com gosto e ela adorava e me dizia:
-Agora vai gozar, né seu safadinho, vai, fode sua esposa(esposa?, ela endoidou? era uma concubina, amante, parceira, a esposa oficialmente era a irmã, que nessas alturas devia estar transando c/ o João), está gostoso, eu quero gozar! Faça sexo selvagem!
Mudei de posição, a coloquei de 4, dei tapas em sua bunda enquanto falava:
-Vou te foder até você cansar, sua vadia! Rebola em meu pau sua putinha!
Ela parecia possuida, estava adorando aquilo, e pedia mais, então puxei seus cabelos louros p/ trás, enquanto ela se inclinava p/ receber mais, agarrei sua cintura e lançava sua bunda contra mim, ela gemia, gritava, e gozou umas 2 vezes só nessa vez.
-Você quer é mais pau, não é? Mas sou eu o seu dono sua cadela! Rebola! Faça o q seu dono mandar sua safada!
E com isso eu gozei, e os 2 exaustos deitamos lado a lado, depois frente a frente, e os beijos eram os mais quentes possíveis, ela se virou e a comi de ladinho(troquei a camisinha, lógico), só q dessa vez ela pediu p/ ser romântico, e se colocou abaixo de mim, segurando minha cabeça c/ ambas as mãos e me beijando e falando coisas de amor, e eu trocava, beijos, afetos e palavras,enquanto metia nela devagar até chegar ao fundo, e paramos p/ sentir um pouco de sexo tântrico, foi uma experiência fenomenal.
Quando terminamos e antes de dormirmos, ela me disse:
-Amor! Nunca havia sentido isso! Adorei!
-Gostou mesmo Kel?
-Claro! Eu amo vc! Por que mau tio fez vc casar c/ a Val? Nem nos consultam, deveríamos ser nós!
-A Val era a filha mais velha, É por isso!
-E uma tremenda de uma safada! Deu o rabo p/ mais de 10 e continuou c/ o cabaço só p/ bancar a virgem p/ vc!
-Rachel! Eu sabia disso, me avisaram, mas também não tive escolha, vc sabe!
-Sei de tudo! Até sobre vc e a minha prima Marlene! Mas vcs 2 sempre terão meu apoio, eu e a Marlene somos confidentes, amigas e primas! Ela também me disse p/ não engravidar agora, deixar p/ depois; e que você será um ótimo pai p/ nosso filho. Ela te ama, e sei q você a ela; seria fácil na sua posição se livrar do João e da Val e ficar c/ ela, mas vc os poupou, isso é dignidade, honra e reconhecimento!
-Espera aí Kél!"NA MINHA POSIÇÃO?" EU OS POUPEI ?" DE QUE ESTÁ FALANDO?
-Eu pensei q soubesse, ou tivesse já entendido.... Tio Carmeni, perdeu o filho Marcos naquele acidente, e sem filhos homens, um dos genros assumiria, o marido da filha mais velha morreu numa viagem, a outra filha está doente e não casou, sobrou a Marlene, casou c/ o João só p/ dar um herdeiro, mas ele é estéril e o filho é seu! Então vc é q vai ser o dono da "FIRMA"! E como tem o título ancestral de A.T., já tem o poder sobre qualquer"funcionário" da "Firma", até sobre meu pai! Ficou espantado? Eu termino depois sobre o resto!
-Tem mais!??? Mas em que porra de negócio me colocaram?
-Amor? Depois!
Ela me beijou, virou de costas e pediu p/ ficar em conchinha c/ ela. Como dizem pelo interior:"Onde é q fui amarrar meu burro?"

No dia seguinte tive de ir c/ a Val para outra cidade, visitar a filial, pegamos o avião e durante a viagem arrisquei em perguntar:
-Como foi c/ o João ontem?
-Bom, combinamos de não esconder nada, então foi assim:- Eu cheguei na casa e ele já me esperava, e logo foi me beijando, me abriu a blusa e me chupou os seios, eu peguei em seu pau e me abaixei p/ fazer um boquete, logo ele gozou em minha boca, e p/"não sujar o tapete", engoli tudo. Fomos p/ o quarto e ele me deu um banho de língua, e depois de me chupar a boceta me penetrou c/ seu pau, mas ele não usou camisinha, será q me engravidou?, e socava com gosto, afinal ele disse que me amava e sempre quis comer minha xana, eu pedia p/ ele me foder mais rápido, eu falava besteiras e ele p/ mim, me fez gozar em várias posições, e não quis meu cu, disse que já tinha comido ele pelo menos umas 5 vezes, eu nunca contei mas devem ser 5 ou 6 vezes, pensei q até fossem mais vezes! E acabamos dormindo. Mas de madrugada ele me fodeu de novo, e repetiu q me amava e estava tudo errado, você deveria ficar c/ a Marlene e ele comigo, gostei de ouvir isso de um homem que me ama! Mas você me ama também? Não fica com ciúmes de ouvir o q outro macho, que é seu subordinado, fez com a sua esposa?Isso não é traição?
-Minha querida Val! (1º=Obrigado por me contar tudo e ser sincera; (2º= Eu deixei os 2 passarem a noite juntos, principalmente por ele ser apaixonado por você; ele merecia isso, pois a esposa dele espera um filho meu; (3º= Não faz mal se ele te comer sem camisinha, ele se cuida, é saudável e é estéril! (4°= Realmente o mais certo seria eu casar c/ a Marlene e você com ele; (5°= Você perguntou se eu te amo....Sim! Eu amo você, tanto q mesmo recebendo carta branca p/ fazer o q quisesse c/ vcs 2 , eu não fiz isso! E você sabe me excitar, contando suas aventuras antigas e a nova; mas acho q virão muitas mais! (6º= Se eu te dissesse que não tenho ciúmes, estaria mentindo, mas isso é compensado por outras coisas; (7º = Não! Não é traição! Seria se você saisse c/ outro sem permissão e/ou escondesse de mim! Aí eu consideraria a outra possibilidade...
-Outra possibilidade? Qual?......Ah! Entendi!....É melhor eu andar na linha e aceitar a rédea curta! Não tem como vc ficar c/ a Marlene? Afinal meu pai te entregou a Rachel...
-Porque vc mentiu e escondeu coisas, mas preferi continuar casado c/ vc, p/ ele ñ ficar desonrado e não causar um escândalo!
-Mas c/ o João? Tudo bem?
-Tudo! Mas podem aparecer outras pessoas e você se interessar, e estando casada será respeitada e ninguém vai ter coragem de abrir o bico!
-Puxa! Esqueci de te contar! Aquele teu cunhado e primo deu em cima de mim, me abordou e disse q eu alegraria ele por um bom tempo e ele a mim, queria agora comer minha boceta!
-Val! Foi só isso?
-Por enquanto foi, mas sei q ele vai atacar de novo, é do tipo q não desiste!
-E vc gostaria de transar com ele?
-Falar a verdade! Acho que sim..., mas ñ queria q o João soubesse....
-Claro q gostaria! Isso pode ser arrumado!
-Posso te pedir outra coisa?
-Pode Val!
-Faça amor comigo hoje! Eu gosto do João, mas eu também te amo! É embaraçoso saber que vc transa c/ a Marlene e a minha irmã e eu agora aceito bem isso, mas também tenho desejo por vc!
Nos beijamos, e senti q ela foi sincera, também havia amor ali!

O Avião chegou e fomos até a filial em carro blindado c/ motorista, fiz o q devia ser feito, ajeitei o q devia ser arrumado e saímos p/ o Hotel.
Chegando ao quarto acabamos transando na hora, ela estava sedenta por sexo e amor, e quando acabamos aquela seção fomos jantar no salão; tinha lá um casal jovem e bonito que nos olhava, a Val era de chamar a atenção bonita, jovem, corpo perfeito, seios maravilhosos sem silicone e sensual, eu achei q ele a admirava e a esposa chamou sua atenção.
Depois de comermos a sobremesa, eles se aproximaram e pediram licença p/ sentarem conosco, e qdo lhes permiti foi q notei q não eram estranhos, e foi a esposa q iniciou a conversa comigo p/ a Val ñ ouvir:
-Desculpe se estivermos enganados, mas não era você que foi ao "Club" há mais de um ano c/ uma loira de olhos azuis?
Aí os reconheci! Eles eram um casal que ficaram comigo e com a minha prima quando fomos a um club de swing, eles estavam melhores ainda, e naturalmente respondi:
-Sim! Era eu! E aquela era minha ex-noiva, ela agora...
...
-Ela não é aquela miss?
-sim , ela mesma!
-eu não disse querido é ele, e a miss é ela! Ah! Desculpem a grosseria, acho q falei demais!
Eu sorri , e aquela mulher estava gostosa e meu faro me dizia q estavam a fim de mim, ou de nós! Então passeia as apresentações:
-Desculpem por ainda não apresentar, Esta é a minha esposa Valdirene! Podem chamá-la de Val!
-Muito prazer Valdirene , eu sou o Walther e esta é minha esposa Tânia!
-O prazer é todo meu, vocês formam um casal lindo!
Casal lindo e muito tarado, pensei eu...
E a conversa continuou numa sala reservada do hotel, e o Walther estava de pau duro só de ver o corpo da Val, e eu conversava com a Tânia, que estava c/ um decote generoso e sem calcinha...
Conversa vai, conversa vem eles falaram q não estavam no hotel, mas resolveram jantar lé pois iriam ao club, só q não tinham companhia, a fixa da Val ainda ñ tinha caido, mas ela sutilmente me indicou q o cara estava babando por ela, e isso despertou interesse nela, era hora de abrir o jogo:
-Walther e Tânia! Que tal subirem até nossa suite? Lá poderemos conversar mais a vontade! A Val ainda é neófita nisso!
-Nisso o que amor?
Todos nós demos uma risadinha safada, e Tânia disse:
-Tem razão, realmente é uma iniciante!
-Iniciante em que? disse Val
E mais uma vez sorrimos, e foi Walther q soltou o verbo:
-Neófita, iniciante, principiante, isso não importa, o que importa é que ela é uma mulher deslumbrante, linda, corpo maravilhoso! Parabéns pela esposa! Casados há quanto tempo?
-Fazem uns meses...respondeu Val a ele
-Ah! Ainda mais uma bela esposa bem recente, Parabéns aos 2!
Chegamos a suite e entramos! Eu notei q Val já estava percebendo ou desconfiando do q se tratava, e deu aquele olhar meigo e submisso a mim, como quem quer um doce e quer autorização p/ provar...(claro q eu permitiria se ela quisesse transar c/ ele, afinal lembrei o q a Tânia fazia comigo, uau!) e fomos nos sentar num sofá grande da suite onde nós homens ficamos nas pontas e nossas esposas, no centro ao lado do respectivo marido encostadas entre si, mas ao alcance da mão do outro.
E a conversa foi ficando apimentada, Tânia propôs darmos o beijo mais longo(cada um c/ a sua, e foi aí q disse baixo a Val q seria uma troca de casais), qdo Val soube em q acabaria caprichou no beijo em mim, me alisando o pau, logo tinha outra mão nele, a da Tania, enquanto q Walther, já pelas costas beijava o pescoço de minha esposa e enfiava a mão em seus seios, e ela deixou! Logo minha esposa estava sentada no colo de Walther, e a mão dele entre suas coxas, enquanto q a Tânia já me fazia um boquete...como ela chupava gostoso !
Walther levantou a blusa de Valdirene, tirou seu soutien a virou em seu colo em direção dele e a beijava e chupava aqueles seios q eram meus, mas naquele momento eram de usufruto dele; ela gemia, mas suas mão soltaram o cinto, a camisa tirando-a, e esfregavam seus peitos em meio a beijos.
Eu já tinha tirado o vestido de Tania, e como era só isso q ela usava, já estava nua me baixando a calça e a cueca, enquanto eu tirava a camisa e antes q a Val fizesse c/o Wal(assim q ela chamava o Walther), foi Tânia q sentou-se virada p/ mim em meu colo e enquanto sugava seus belos seios, ela(fingindo esquecer) deixou a cabeça de meu pau entrar nela e umas cavalgadas já estava no meio, e logo inteirinho dentro dela sem camisinha, mas nem ousávamos nos mover, pois o marido dela não notou a penetração e ainda a sem vergonha me falou ao ouvido:
-Gostaria tanto que gozasse dentro de mim! Eu dou meu telefone, se não der hoje, noutro dia combinamos e vou contar por que!
A Val já estava nua e esfregando a boceta no pau do Wal, até q ele pediu a bolsa a mulher camisinha q tinha dentro da bolsa, a vestiu e começou a ganhar a boceta de minha esposa, a esposa dele pegou uma p/ nós e na posição q ele estava não via nem q meu pau já estava dentro dela, nem q ela não colocou a camisinha, e ela só me falou:" eu estou limpa! Não se preocupe, só não sei vc, mas como está casado c/ essa gata acho q se cuida!Eu vou te contar, já disse!"
Eu ia pedir p/ ela colocar a camisinha, mas algo me impediu, um sexto sentido?
Então ela cavalgava em minha pica, e fazia o pompoir, me deixando louco...
Walther ou Wal, metia na boceta da minha Val feito louco deixando-a mais tarada ainda, cavalgava no pinto dele balançando seus seios, e aí decidiram ir p/ o chão: c/ ela por baixo dele de perna totalmente abertas e ele bombando aquela boceta, q até então só tinha conhecido 2 homens, eu e o João, e ele implorava:
-Meu tesão, me alarga toda! Soca, soca bem! Me está fazendo gozar...
Tania, aproveitando a posição em q o marido não nos veria, deitou no sofá, me segurou c/ as pernas na cintura p/ eu não tirar o pau dela, e com os movimentos do pompuarismo me fez gozar tudo dentro dela, nós 2 gememos do tesão q ela me proporcionou, ela disfarçadamente, foi ao banheiro "jogar a camisinha fora, e enquanto isso eu observava o Wal fodendo a Val, com força, ela gozou antes e ele continuou até ela e ele gozarem juntos.
Essa foi a 1ª vez q vi minha esposa sendo fodida por outro macho, e lembrei do q ela me disse qdo combinamos termos uma vida liberal:
{-"Eu até me casar c/ vc só tinha dado o cu p/ preservar minha virgindade, mas agora que não sou mais virgem e adorei dar a boceta, nunca mais quero dar o rabo! DÓI! Só se for p/ vc, mas seu pau é grosso..."}
Agora eu veria se ela cumpriria q prometeu, eu sabia q Walther gostava de fazer anal, será q ele ia resistir?
Fomos os 4 p/ a cama e c/ elas de 4 frente a frente, e começamos a foder as 2, e me dado momento elas se beijavam, isso nos deixou tesudos, Walther fodia a Val até aquele barulho da virilha dele batendo na bunda dela, e eu(agora com camisinha, fazia o mesmo com Tânia, as duas falavam safadesas, pornografias e desejos secretos como o que dizia Tania:
-Assimmm amor! Me faz feliz! Faz meu corninho ver sua esposa ser fodida por outro macho! Eu sou sua meu macho! Quero q goze em mim! Vai! Olha meu maridinho corno, sua esposinha está gostando de dar para esse macho! Goza!! Goza dentro!
A minha Val estava mais comportada, gemia, pedia mais, rebolava no pau do Walther, pedia p/ foder mais rápido, mas nunca se referiu a mim como corno, algo tinha mudado naquele casal(Walther e Tânia)!
Minha esposa estava c/ a pau de outro dentro dela, ela me olhando c/ cara de quem está gostando e safada, e me mandava beijo c/ os lábios, até ela aumentar os gemidos, os gritinhos, fechar os olhos e gozar.
Fomos tomar banho juntos e depois um bom descanso naquela cama enorme, cochilamos um pouco e acordei c/ a Val, falando baixo p/ o Walther, não! No cuzinho não! Eu não gosto!Dói demais, nem c/ meu marido eu faço! Eu fingi que dormia abraçado c/ a Tania e vi ele tentando de todo jeito comer o cu dela, até lubrificante passou, lambeu e insistiu tanto q ela falou:
-Pode lamber, passar lubrificante e colocar os dedos, mas o pau não dá!
Tania acordou, mas fiz sinal p/ fingir q dormia, e lá estava o Walther lambendo o clitóris de minha esposa, depois o cu, e ela abria mais, enfiou um dedo c/ KY, ela deixou, 2 dedos, ela permitiu, 3 dedos,e ela começo a se queixar, e de repente enfiou seu pau no rabo dela, mas ela deu um pulo p/ frente e ralhou baixo c/ ele:
-Passou dos limites! Eu disse q não faço! Se meu marido acorda e vê? Nem p/ ele eu dou!
Ele tentou várias vezes, possuir o cu dela, e sinceramente, gostaria que a tivesse enrabado de uma vez, mas não passou dos 3 dedos!
Amanheceu e pedimos o café completo p/ 4!
Antes de chegar o café, Tânia me deu 2 telefones pessoais dela, um, nem o marido sabia, eu escondi no fundo de minha mala.
Tomamos o café e demos uma rapidinha, e como ele de novo não nos olhava, Tania fez um furo na camisinha c/ a unha e qdo gozei dentro dela, metade do esperma deve ter ido em direção ao seu útero, já estava imaginando no que ia dar aquilo! PORRA! DE NOVO!
Eu tinha um filho q não via há tempos com a Eda q casou c/ 1 corno q assumiu a criança, da Regina eu não soube mais, minha prima(miss) perdeu nosso bebê, Marlene esperava um filho meu, e eu precisava ter um filho c/ a Val antes de ter c/ a Rachel, e agora...a Taninha rabo quente, ou Tania, ela estava tentando engravidar de outro(eu) q não fosse o marido? Quando eu teria um(a)filho(a)que eu pudesse conviver normalmente?
Bom! Eles sairam, prometendo novos encontros e nós finalmente tivemos um tempo só nosso, afinal, aquela safadinha era minha esposa, e futura mãe de meus filhos, e se depois do casamento ela deu p/ outro, fui eu quem os colocou na frente dela e dei permissão p/ foderem ela! Aí ela me disse:
-O que aconteceu conosco? Transamos a noite inteira com outros parceiros e ficamos como se nada tivesse acontecido?
Sabia que ele me tentou fazer anal, mas eu, permiti q me lambesse e enfiasse só até 3 dedos, mesmo assim ele forçou! E se eu tivesse deixado?
-Val! Você me disse q nunca mais daria o cu p/ ninguém, só p/ mim, acreditei em você! Mesmo assim deixou ele te penetrar c/ a língua e com os dedos....
-É! Nisso eu falhei, mas não vou deixar mais!
-E que achou da troca de casais? O swing!
-No começo estranhei, mas gostei de você me vendo levar pau, e de eu ver você meter c/ outra, foi um tipo de tesão diferente..
-Você faria de novo, Valdirene? Num club de swing ou como fizemos aqui?
-Talvez! Pode ser q sim! Tudo depende de com quem vai se fazer sexo, o Walther me impressionou, no começo gostei dele, mas depois eu já estava cheia, e acho, pelo modo da esposa dele, ela está cheia dele! Mas quando a gente for trocar c/ outros casais, não vou me encher de você!
-Então Val, sua resposta é que você aceita em fazermos outras trocas; ficou claro em sua última frase!
-Me pegou! Gostei sim e faria de novo e de novo, mas sempre c/ sua permissão!AH! E sem o João saber...
E ele se jogou sobre mim, perguntando bem sensualmente:
-O que você achou de ver a sua esposinha ser fodida a noite inteira por outro homem? Você gostou? Sentiu ciúmes? Viu como eu gozei gostoso na vara dele?
-Valzinha! Foi a 1ª vez q vi minha esposa metendo c/ outro, o João te fodeu, mas eu os deixei a sós, ele merecia! Você gozando é uma delícia! E senti uma ponta de ciúme e bastante tesão, e sendo seu 3º homem que comeu sua boceta, você parecia ter muitas experiências; sem dúvida eu tenho uma esposa muito sedutora!
Ela se lançou sobre mim, beijos, carícias e fizemos amor muito gostoso, e senti que ela me amava, e eu a ela, só q diferente da maneira que amava a Marlene ou minha prima!
Saímos do Hotel e fomos ao aeroporto pegar nosso avião.
Ao chegarmos, Rachel e Marlene estavam em casa nos esperando, como estávamos só os 4, beijei Rachel na boca e também a Marlene q de lambuja recebeu um beijo na barriguinha.
Marlene olhou p/ nós e falou:
-Val e "AT"! Acho que está na hora de vcs providenciarem um filho! Já se casaram há uns 2 meses e ela é a filha mais velha do tio Gino, vai deixar todos contentes!
E Rachel apoiou:
-Eu também acho! Eu estou tomando anti-concepcional, mas é hora da Val parar! Certo?
Val sorriu e muito feliz abraçou as 2, ao q eu complementei:
-Que família linda que eu tenho! Que mais poderia querer?
-Que tal mais filhos? Brincou Marlene.

(CONTINUA NA PRÓXIMA FASE)

Foto 1 do Conto erotico: VALDIRENE É LIBERADA , E EU ME LIBERTO (02)

Foto 2 do Conto erotico: VALDIRENE É LIBERADA , E EU ME LIBERTO (02)

Foto 3 do Conto erotico: VALDIRENE É LIBERADA , E EU ME LIBERTO (02)


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 25/07/2015

colossal

foto perfil usuario sergio e flavia

sergio e flavia Comentou em 01/10/2013

Gostei, me deixou molhadinha e votei! Parabéns!beijos

foto perfil usuario cristine ksada

cristine ksada Comentou em 01/10/2013

Ai-ai! Adorei e me deu tesão...votei... Ñ me importa quem é corno, nem se é da Mafia ou seja lá o q for, o q me importa é a narrativa bem estudada q me deu tesão!!!!!

foto perfil usuario beni casada

beni casada Comentou em 01/10/2013

Berenice: Realmente o Corno da Val não é um corno! Ele é que chifra todas! e Cuidado Berenice....não é a Cosa Nostra, eu escrevo c/ conhecimento dos fatos.... Isso está mais p/ os códigos de honra da Omertà, e partes da Sociedade Thule... Lendo contos anteriores e sabendo q ele é de Blumenau, tem a ver c/ as 2 que atuam com outros nomes por aqui. Também Leia minhas memórias e entenderá!BJS

foto perfil usuario bereniceealdemr

bereniceealdemr Comentou em 01/10/2013

Mistura de incesto, swing, e ao q percebi, é uma face da Cosa Nostra? PARABÉNS! ADOREI, MAS AINDA NÃO TE VI SENDO CORNO DA VAL! ELA É QUEM ESTÁ LEVANDO MAIS CHIFRE!RSRSRSRS... BEIJOCAS

foto perfil usuario beni casada

beni casada Comentou em 01/10/2013

Gostei, votei! Dá tesão! Só uma coisa, entre os swingers há um código de ética, entre as normas há uma, que se repete em outras: sinceridade, por pior q seja q acoteceu, sempre contar a verdade. Transar só c/ a permissão das partes. A Val ñ e casada c/ João, mas tem envolvimento, se ela insiste em esconder quase tudo dele, não é 1 tipo de traição? CONTINUE COM A SUA SAGA!PARABÉNS BJS




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


34830 - DEPOISda Mana>As antigas namoradas e minha Prima - Categoria: Incesto - Votos: 184
34832 - PrimaAmorCorrespondido>Primo fode minhas namoradas - Categoria: Incesto - Votos: 266
34854 - Fico c/a Prima, Mais coisas acontecem (relato4) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 179
34862 - Minha irmã me seduziu - Categoria: Incesto - Votos: 346
34988 - Minha PrimaMulher>Reencontro c/ Marlene!(parte5) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 190
35111 - PrimaPrimo>IrmãFodida e Marlene?(parte6)BIZARRO! - Categoria: Incesto - Votos: 246
35628 - A irmã, a Marlene e enfim Valdirene (01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 188
36267 - Fim do Incesto!LIBERO A VAL E SOU FELIZ! (03) - Categoria: Incesto - Votos: 326

Ficha do conto

Foto Perfil corno da val
cornodaval

Nome do conto:
VALDIRENE É LIBERADA , E EU ME LIBERTO (02)

Codigo do conto:
36059

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
28/09/2013

Quant.de Votos:
260

Quant.de Fotos:
3



lesbicas sexo triplocontos de o sonho dela era dar o seu cu virgembrincando com a priminha casa dos contosporno gay de dragon ballSogra viciada no genro contos eroticospedreiros velhos gay contosconto erotico levando pica na bucetaconto erotico pegando a madrastafoda tarada e gostosa arrancanfo o cabaçi incstogaroto virgem conto eroricovídeo foi levar presente de Natal para a sobrinha e acabou fodendocontos eroticos em quadrinhos noite de nupciasconto cu dopadahistórias em quadrinhos eróticas Contofamiliapornotraveco mija na minha garganta contocontos com fotos viadonho d calcinhacontos eróticos:família toda fudendo no natalesposa+corno+e+putavideos porno tia bunduda deixando sobrinho passa mão na bundaconto minha esposa me puniu com um dildocontos eróticos história esposa Pedro de presente de Natal para o marido um pau bem grande em sua xoxota de amigos delecontos dormi com irmão acordei molhadinhaConto erotico de bucetinha novinhaconto erotico exibindoconti porno mulher do pastorcontoeroticomininocontoeroticolobacontos heroticos mi ha esposa e desconhecidoTiazinha Popozudaincesto mae e filhocontos eroticos enteado pe de mesaconto eroticoconto erótico dei pra macho ursoEu e minha mae gorda conto eroticoa putinha do papaiQuadrinhoseroticossobrinhascontos melei a xaninha da menininhaBaixar foto da cintura para baixo pelada de homemEroticotover contos eroticos perfil mamaeousadaconto erotico quintalbunduda ctconto eurotico amigo bumbudocontos secaodefotosmulher honesta conta tudo quadrinhos pornovideo porno comendo a empregada gostosaCANTOS FOTOS EROTICAS DE COLEGIAS NOVINHAS COM NEGAO PIROCUDOcontos eróticos dividimos o machocontos mamae dormindo estrupei seu cucasada que fes zoofilia pela primera vesme usa contoscontos eroticoscontos de brincando comi o viadinho do meu irmãozinhobucetas virgens saindo sangueamigos homens pelados contos eróticoscomendo gostoso a mãe quadrinhos eroticosler contos eroticos de dupla penetracaocontos eroticos novinhos passando a rola nas coroascontos eróticos surubacontos eroticos cunhada e sogrAminha avó na punheta contosfudendo com o padre conto eroticoconto erotico como me tornei uma putaporno vai novinhacasada engravidou favela contosconto erotico ilustrado travesti bem dotado arrombou a buceta da esposa do corno de pau pequenofoi fazer tatuagem na perseguida, e olha o que o tatuador safado fez com elaContos eróticos mão toda dentrocontoscom fotos travecas safadassexo minha filha tava com um vestido curto nao aguentei comi elacontos eroticos sentei no fuzil