Veronica

Sábado de manha acordamos bem cede porque eu tinha que estar na empresa no máximo às 8 horas então Rafaella fez nosso café, tomamos e saímos deixamos os casais dormindo, chegando à empresa notei que tinha mais ou menos umas 20 pessoas, chegando perto deles vi que tinha muitos garotos bem novos com mais ou menos uns 18 anos e tinha mulheres mais velhas no Maximo 30 anos, cheguei logo dando bom dia, desculpe-nos pelo atraso, Rafa foi à frente abrindo as portas e os guris só de olho na sainha dela, falei com eles que eram pra esperar que eu fosse pegar os materiais e Rafa ficou na sala perguntando nomes e o porquê de nossa empresa, as pessoas farão e que eram pelos salários outros que eram pra sair por ai, e nessas pessoas tinha uma mulher que era do ES, mais preciso de Vitória, o nome dela era Verônica, morena, seios grandes, bem grandes, magra, com 1,80 de altura, pernas grossas, barriguinha definida e casada uma aliança que eu e Rafa ficamos com inveja, más vamos lá, cheguei até a sala na frente da galera e falei. Meu nome é Junior só tenho eu na empresa com este nome por isso que todos me chamam assim, gosto de fazer amigos e adoro uma skol e Rafa, ela riu e disse, não somos casados más estamos juntos a 2 anos e 1 dia, o pessoa riu e os marmanjos fizeram poucos casos, más voltando ao que interessa.
Então levantou Aloir sou de Anagé dá uns 200 km daqui lá estou aqui p/ ocupar o cargo de almoxarife, e ai levantou o outros, estou pretendendo exercer direito e quero entrar na empresa porque o salário é muito bem.
Quando chegou na hora da capixaba ela levantou me olhando fixamente nos olhos e disse: Sou Verônica, me acho muito bonita, moro em Vitória no ES, estou aqui pq mandaram uma carta p/ minha empresa dizendo que estão precisando de Técnica de Segurança, tenho que falar com Junior que eu já tenho vaga garantida, más tem que estar aqui neste curso p/ saber tudo ou quase tudo da empresa, más qdo ela parou de falar todos da sala notaram que eu fiquei vidrado na morena até e Rafaella que é sonsa, eu gamei, paxonei na capixaba.
Então, dando continuidade no processo, falei da empresa tudo que eles queriam saber tudo mesmo, principalmente de salários, horas extras, se trabalha ou não nos sábados e domingos, tudo! Então apliquei a prova.
Sai da sala e Rafa veio nossa Jú vc ficou abalado com a morena em, eu sem reação, olhei p/ ela e disse depois que eu me separei só tive olhos pro nosso rolo, não pensava nunca em mandar vc desistir do teu casamento e estamos aqui, vc me amo demais, eu moro de tesão por vc, más essa morena me deixou de pau duro, ela imediatamente pegou no meu pau por cima da roupa e abriu a boca meu deus que tesão é esse Jú, balancei a cabeça e falei. Não sei só sei que eu a quero, logo saiu da sala, Aloir, Rogério, Saulo, Mônica, Sirley e Bárbara, jogando piadinhas, é professor ficou daquele jeito pela capixaba em, viu professora toma cuidado que vc vai perder o namorado em, Rafa riu meio entre os dentes, má não disse nada, e assim foram saindo um atrás do outro só ficou a Verônica, vi que ela não saia e entrei na sala e fui até ela, ela estava bem abalada, pediu desculpas e olhou p/ mim e disse não posso fazer a prova me ligaram do ES e falaram que meu ex-namorado quebrou tudo lá em casa, imediatamente chamei Rafa pelo rádio da empresa que veio correndo e eu falei ajuda ela aqui é problema de mulher casada e sai da sala, fui conversar com os alunos e perguntei se eles queriam mais alguma coisa e anunciei o motivo de quem iria ficar p/ o domingo e quem não precisaria mais aparecer, dos 20 só ficaram.
Duas secretárias, 3 técnicas de segurança, sendo uma a capixaba pq eu não sou besta, dois assistente de direito, dois almoxarifes, e um semi-diretor.
E os outros obrigados por virem más não tem jeito tem que ser assim, eles agradeceram e saíram, falei com os que ficaram p/ vir nos domingo eles então saíram menos um casal, Saulo e Sirlei, perguntei por que não foram embora e eles falaram, viemos nos dois e Verônica, nós três somos de Vitória, Saulo é meu marido e Verônica minha irmã.
Entramos nos três na sala e conversamos muito e chamei-os p/ minha casa e eles toparam, fomos nos 5 eu e Rafa de moto e Saulo me seguindo, chegando à minha casa o casal estava terminando o almoço e comemos e tomamos cerveja com pressão, rolou uns pagodes e depois um funk meu deus, qdo eu vi a Verônica até o chão, com aquele pacotão de buceta meu pau quase rasgou a sunga, olhei p/ Rafa e falei vamos pra praia, elas não vão ficar aqui, tem a piscina praia não esqueceu minha família ta ai e não pode nos ver, olhei e disse que sim sai correndo e pulei na piscina qdo voltei do mergulho todos estavam pulando, menos Rafa que estava ao teu, ela abaixou o som e disse, gente tenho que ir embora sai da água e fui até ela, meu marido chegou tenho que ir, falei com ele que estava fazendo compras no shoping, fui até o quarto dei uns bons beijos nela e disse, até segunda ela sorriu e pediu respeito e até segunda meu macho, vô pra casa más minha buceta e meu coração fi cão aqui com vc te amo meu macho, e saiu.
Quando estava voltando pra piscina me deparo com Verônica, ela me olhou e qdo fui falar com ela saiu de perto de mim, cheguei perto do pessoal e bebi muito tomamos muito, Saulo chegou perto de mim e perguntou se eu era o amante de Rafaella e eu respondi a verdade que sim, que ela é casada e que ela ainda não separou por causa de mim, então ele me disse, minha cunhada ta louca pra te dar uma buceta-da, más ele falou na lata a Sirley deu um soco nele, assim não amor ela pediu segredo, então fui assar mais carne e Verônica veio atrás perguntou se eu precisava de ajuda e já fui logo tentando beija-la e ela saindo de mim, não aqui não o que teus amigos vão pensar, eu olhei p/ um lado e para o outro e chamei o pessoal, todos, gente vamos brindar, alem de mim que sou capixaba agora na empresa tem mais três, brinde todos riram e gritaram e bebemos.
Foi dando 16 horas da tarde e Marcella e Izis tinham que irem embora, Marcão e Ricardo tb, então ficamos eu, Verônica, Saulo e Sirley, conversamos muito e eles perguntaram onde tinha uma pousada, más eu disse pra que minha casa é sua pousada, vcs dirigiram mais de 8 horas de carro, até aqui o mínimo que eu posso fazer é deixá-los aqui em casa, e na hora eles responderam que sim, e continuamos a beber, então eles perguntaram onde poderia guardar o carro e as coisas, fui até a garagem e ajudei a pegar as coisas e levei-os até os quartos e voltei p/ à piscina, isso já era umas 19 horas, bebia sozinho e ouvindo musica que ouvi alguém chegando por trás e me chamando, hei gostoso olhei rápido pensando que era Rafa e quando olhei era Verônica com um vestidinho bem curtinho com os cabelos enrolados molhados e um salto alto, bem alto, eu já bem grogue olhei e disse nossa que morena deliciosa, vc é que veio me dar banho, me levar pro quarto, vem meu bebezão, leva teu loiro pro quarto, ela ria e me pegou pelo braço, ela é muito alta então eu era e sou bem baixinho perto dela, e fui até ao banheiro ela tirou minha sunga e neste meio tempo eu a puxei já a beijando e ela correspondendo ai pude notar que ela via que eu não estava bêbado que era apenas p/ ela me levar, beijei-a com vontade debaixo da água, nossa ela beijando-me e acariciando meu pau, ajoelhei na frente dela e fui levantando o vestidinho e lambendo, mordendo qdo cheguei à cintura abaixei a calcinha e notei que era totalmente depiladinha, lisinha e com a bucetinha bem apertadinha, abri as pernas e lambi, meti a língua lá dentro, lambia e ela puxava mus cabelos ela gemia com minha língua lá dentro, ela me puxava pra cima e eu obediente fui tirando o vestidinho e subindo, qdo ela notou estava sem o vestido e sem calcinha a puxei e ela sentou e começou a chupa meu pau, lambia o mastro e o saco nossa que delicia de chupada ficou assim por vários minutos então ela me pediu p/ irmos pra cama, porque ali não iria cabê-la.
Enxugamos-nos e fomos deitei-a na cama e comecei tudo de novo fizemos um 69 delicioso, ela gemia e falava e gozava na minha cara nossa que delicia aquela morena gigante sendo chupada por um homem menos meu deus passava cada coisa na minha cabeça e ela gemia e ai aia ia, ai, aiiiiiiiiiiiii e gozava ela me pediu p/ eu come-la de 4 pq o ex nunca comeu ela assim era só papai e mamãe e só, a coloquei de 4 e empurrei até ela urrar com minha vara, nossa ela pedia p/ eu ir devagar porque ela era grande más a buceta era bem menor eu mais obediente fui só encostando fizemos um vai e vem bem gostoso, depois pedi a ela p/ cavalgar, nossa que delicia aquela morena cavalgando, ela socou meu pau, enterrava e subia, sentava e levantava ficamos assim por vários minutos depois pedi a ela p/ virar-se de costas a eu jogar as mãos pra trás e eu socar a buceta dela ela fez eu segurava as costas dela e metia por baixo ela foi ao delírio metemos muito e anunciei que iria gozar ela pediu p/ ser na buceta porque estava nos dias que era batata, então escolhi um lugar que ela não gostou muito, a mandei chupar e jorrei na boca dela na cara, qdo dei a primeira gozada ela cuspiu más na segunda foi na cara nos olhos no cabelo ela amou depois nos fomos nos lavar, então ela queria sair comido ir a algum lugar, nos vestimos e chamamos Saulo e Sirley, então fomos à cabana da Rochinha, ai é outra história.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 10/05/2013

Delícia de Verônica!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


12809 - Encontro insaciavel - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12927 - Itamaraju_BA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12939 - Macarani_BA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13116 - VIAGEM PARA TOCANTINS PARTE I - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13118 - TOCANTINS PARTE II - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13119 - TOCANTINS PARTE III - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13127 - A ultima viagem com LEILA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
13167 - Carla Agrizzi - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
13250 - Posto da Mata _ BA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
13254 - Cunhada Michele Nunes - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
13299 - Meu primeiro emprego como motorista - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13327 - A advogada - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13477 - Visto na festa da empresa por Rosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13479 - Morena do chat - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
13481 - Qdo eu conheci Vanessa - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13860 - Festa em Monte Asterio - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
17551 - Expansão da Empresa - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
19103 - Sexo no busão - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
32138 - Camila - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
33587 - Viagem pra Minas Gerais - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
33661 - Viagem parti 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 0

Ficha do conto

Foto Perfil casado_cg
casadocg

Nome do conto:
Veronica

Codigo do conto:
13862

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
27/09/2011

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0



video escorregou e tro errado pornoQuadrinhos erotico dos gays no colinho do vovocontos de corno deacailandia sissy conto eroticocontos eroticos de professoras velhas com a alunos novinhosconto erotico flagrei minha filha fudendo e entrei na brincadeiraEu e minha prima os dois de menor nascendo pentelho ela me deu a b*****desafio pescina coroasvídeos sexos mulher ver pau do amarte fala que vai doercomi uma hermafrodita contoscomendo a bucetinha da lucinha e o cuzinho da ritinha contos eroticosContos eróticos de incesto ai mamae que chupetinha mais gostosa é essaultimos contos sadodei a bundacontos eroticos fui violentada amei incestoContos um caderante estrupou minha bucetadominado a forca conto gayCANTOS FOTO EROTICAS DE UMA AVENTURA DE PRESIDIARIO PIROCUDOnoviha motra apopa dabda bebadanua da moz mostra buceta tirando espermacontos eroticos com fotos categorias pag 154comedores de esposasconto erotico ahh uhh mais mete vai ahhcontos eroticos sentando no colo na viagemChupando o amigo dormindocontos eroyicos eu e minja mulher fudemos vom o massagistaconto erotico casada so usa fio dental putinha da mamae e do papai contosContos eroticos com motorista de uberconto erotico meu filhocontos eroticos de asfixia eroticaquadrinhos eroticos a pequena lenhadoraflagrei a minha cunhada d********* contosdei a bundacontos erroticos de incertos filha amante pai 2017corto erótico amigo maconhairo gayvi o pau do meu pai2017contos eroticos dia das maesso no cu apedadiho da esposacontoesposaboao gringo e o favelado conto porno gaycontos eróticos dei muito no carnaval contos cornos orgiasporno brasileiro titia da o cuzinho apedadihotransei com meu sogroconto erotico punhetado por caridadecontos eróticos novinha aí meu cuzinho tá rasgando seu pau é muito grossocontos gay tetinhas gordinhaconto erotico de vizinha putaContos e fotos de maes com a buceta gozadaContoa Heroticos gay fodendo meu primo bundudo na adolecensiaperdir a aposta e tive que fa a bucetacontos macho puto de macho partw 8gibi porno uma coroa muito sorbuceta minha esposa lisinhaporno entre casais homosseuais de caminhoneiros saradosflagrei minha esposa tomando sêmen de cavaloquadrinhos contos eróticos gaycontos eroticos tava bravinhaEroticoto/conto/99517/250165/encochei-gostoso-o-rabudinho-da-academia-real.htmlme comeu no banheiro do barcontos erotico cumenda a cunhada mais velhaconto erótico com fotos dei a bundinha só pro meu filhocontos eroticos guardetes noturna trepandocontos erotico tano pra negaoconto erotico otaxista comeu minha mae pela coridahentai irmazinha dormindocontos eroticos, meu filho me comeu com o pai dormindo ao ladogaterrima metendoConto erótico menino gay vira travesticontos eróticos velho me convenceuHISTORIETASxxxAte o talo contos eroticosfotos eroticosContoseroticosdeiocunovinha tinder bebada contoConto erótico em quatrinho animadofilhaMinha esposa fudendo com dois marido brexando historiascontos eroticos com fotos de filhas estupradas por cachorrocontos eroticos deacobri que meu primo gosta de rolaconto porno pintudo me arromboconto eroticos minha enteada abusadaconto incerto o dia em que peguei minha própria mãe transando com meu filho